PRÉ-VENDA* Nós mulheres, o proletariado [Catarse]


Categoria:

Description

*A pré-venda está ocorrendo em forma de apoio coletivo no Catarse.

O PROJETO
As Edições Iskra chamam a sua colaboração para este novo projeto editorial, Nós Mulheres, o Proletariado. Esse título, traduzido de ¡No somos esclavas!, foi escrito por Josefina Luzuriaga Martínez, dirigente do grupo internacional de mulheres Pan y Rosas, originalmente publicado em castelhano no Estado Espanhol.
A ideia da edição em português surgiu para recuperar histórias de resistência e das lutas pela emancipação das mulheres junto a todos os oprimidos, difundindo-as para todas e todos que se interessam pelo debate sobre mulheres e seu papel decisivo no movimento operário. O livro aborda sobre greves femininas, com debates cruzados por gênero, classe e imigração, mostrando que a história das lutas das mulheres é e sempre foi repleta de lições estratégicas para o proletariado mundial.

Esta campanha de financiamento coletivo é a pré-venda desta obra, que chegará em suas mãos no mês das mulheres, em março de 2022.

SOBRE A AUTORA

Josefina L. Martínez é historiadora e autora de “Revolutionaries” (Lengua de Rapo, 2018), co-autora de “Patriarcado y capitalismo (Akal, 2019) e de “Cem anos de história do trabalho na Argentina” (IPS, 2017), editora do Izquierda Diario.es. Também é referência do grupo internacional de mulheres Pan y Rosas.

EDIÇÃO BRASILEIRA

A escolha e a importância desse título traduzido para o português são expostas no prólogo escrito por Diana Assunção, historiadora e organizadora do livro A precarização tem rosto de mulher e Letícia Parks, organizadora dos livros Mulheres negras e marxismo e A revolução e o negro, das Edições Iskra. Letícia colabora com o resgate da situação e das lutas das trabalhadoras negras brasileiras.

Também para esta edição, Silvana Mara, professora de Serviço Social da UFRN, escreve a quarta capa do livro, e também participará das mesas de lançamento que acontecerão no Rio Grande do Norte e Ceará.

SOBRE A OBRA

Na primeira parte do livro você encontrará histórias intensas sobre as lutas das mulheres trabalhadoras na história: a greve Pan y Rosas revolta das mulheres contra o aumento dos preços em Barcelona, Málaga e Alicante trabalhadores têxteis da Induyco contra a Corte inglesa, em Madri e Cáceres em 1977, entre outras.

Na segunda parte do livro, algumas lutas atuais das mulheres trabalhadoras são relatadas, em meio a uma pandemia global que afeta especialmente as mulheres migrantes e precarizadas: histórias de mulheres na linha de frente.

O grito das diaristas enfermeiras e faxineiros em hospitais; trabalhadores contra a escravidão moderna; mulheres jovens que desafiam a exploração em maquiladoras globais e aquelas que defendem seus territórios.

Todas essas lutas fazem parte da resistência a um sistema capitalista, racista e patriarcal. Temos a certeza de que essas histórias irão tocá-los.

ILUSTRAÇÕES

Contamos com a colaboração da ilustradora Emma Gascó, que está dando cor a este livro, com lindas ilustrações inspiradas nessas lutadoras.

ORÇAMENTO
A sua contribuição é fundamental com os gastos com tradução, revisão, diagramação, ilustração e impressão da obra. Tudo isso exige equipes e profissionais especializados, tempo e dedicação, portanto, mais que adquirir um título fundamental para a luta internacional das mulheres, você estará contribuindo também com a equipe das Edições Iskra, uma editora militante feita de trabalhadores para trabalhadores.

Além dos gastos acima, também iremos confeccionar sacolas, marca páginas e pôsteres.

Atingindo a meta, imprimiremos 1.000 exemplares para venda e distribuição de Norte a Sul do país.